ter., 26 de abr.

|

Teatro Marco Camarotti

ALTAMIRA 2042 | Gabriela Carneiro da Cunha (RJ)

ALTAMIRA 2042 Gabriela Carneiro da Cunha [ENTRADA R$ 20] [MEIA-ENTRADA R$ 10]

Os ingressos não estão à venda
Ver outros eventos
ALTAMIRA 2042 | Gabriela Carneiro da Cunha (RJ)

Horário e local

26 de abr. 20:30 – 22:00

Teatro Marco Camarotti, R. Treze de Maio, 455 - Santo Amaro, Recife - PE, 50100-160, Brasil

Sobre o evento

[ENTRADA R$ 20]

[MEIA-ENTRADA R$ 10]

ALTAMIRA 2042, Gabriela Carneiro da Cunha

26 abril, Teatro Marco Camarotti, 18h [sessão 1]

26 abril, Teatro Marco Camarotti, 20h30 [sessão 2]

Altamira 2042 é uma instauração performativa criada a partir do testemunho do rio Xingu sobre a barragem de Belo Monte. Aqui todos falam através de um mesmo dispositivo techno-xamânico: caixas de som e pen drives. Uma polifonia de seres, línguas, sonoridades e perspectivas tomam o espaço para abrir a escuta do público para vozes que tantos tentam silenciar. Assim a Barragem de Belo Monte vai deixando de ser simplesmente uma obra para se tornar o mito do inimigo.

Idealização e concepção: Gabriela Carneiro da Cunha

Direção: Gabriela Carneiro da Cunha e Rio Xingu

Diretor Assistente: João Marcelo Iglesias

Assistente de direção: Clara Mor e Jimmy Wong

Orientação de direção: Cibele Forjaz

Orientação da pesquisa e interlocução artística: Dinah de Oliveira e Sonia Sobral

Texto originário: Eliane Brum

“Trematurgia”: Raimunda Gomes da Silva, João Pereira da Silva, Povos indígenas Araweté e Juruna, Bel Juruna, Eliane Brum, Antonia Mello, Mc Rodrigo – Poeta Marginal, Mc Fernando, Thais Santi, Thais Mantovanelli, Marcelo Salazar e Lariza Montagem de vídeo: João Marcelo Iglesias, Rafael Frazão e Gabriela Carneiro da Cunha

Montagem textual: Gabriela Carneiro da Cunha e João Marcelo Iglesias

Desenho sonoro: Felipe Storino e Bruno Carneiro

Figurino: Carla Ferraz

Iluminação: Cibele Forjaz

Concepção instalativa: Carla Ferraz e Gabriela Carneiro da Cunha

Realização instalativa: Carla Ferraz, Cabeção e Ciro Schou

Tecnologia, programação e automação: Bruno Carneiro e Computadores fazem arte.

Criação multimídia: Rafael Frazão e Bruno Carneiro

Design visual: Rodrigo Barja

Trabalho corporal: Paulo Mantuano e Mafalda Pequenino

Imagens: Eryk Rocha, Gabriela Carneiro da Cunha, João Marcelo Iglesias, Clara Mor e Cibele Forjaz

Pesquisa: Gabriela Carneiro da Cunha, João Marcelo Iglesias, Cibele Forjaz, Clara

Mor, Dinah de Oliveira, Eliane Brum, Sonia Sobral, Mafalda Pequenino e Eryk Rocha

Diretora de produção: Gabriela Gonçalves

Co-produção: Corpo Rastreado e MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo

Realização: Corpo Rastreado e Aruac Filmes

Duração: 90 minutos

Classificação indicativa: 16 anos

Ingresso Sympla:

https://bit.ly/tremaaltamira20h30

Compartilhar evento